GANHE 10% OFF NA PRIMEIRA COMPRA, USE O CUPOM: NEWSITE

A decoração budista como prática dos Estágios da Iluminação

A decoração budista como prática dos Estágios da Iluminação

Em cada ensinamento Buda o convida a experienciar a natureza búdica que há em tudo o que existe a partir do momento em que consegue enxergar os apegos e ilusões da materialidade sem identificação. São muitas as práticas que auxiliam a trajetória proposta por ele, que não consiste, necessariamente, em sentar e meditar, visto que tal qual o yoga, a meditação é um estilo de vida e pode tomar novos aspectos para fazê-lo alcançar o potencial do seu ser.

Sendo assim, nos apoderamos da decoração de interiores enquanto ferramenta de transformação e voltamos o nosso olhar para o conceito dos Quatro Estágios da Iluminação descritos no Sutta Pitaka, da coleção canônica de livros sagrados (Pali Canon); especialmente praticados no Budismo Theravada, uma das vertentes mais antigas e tradicionais.

Os Estágios da Iluminação são divididos em 4 pares que unem Caminho e Fruição através de experiências enriquecedoras de compreensão e abnegação para a cessação do sofrimento. As etapas são progressivas e chamadas de sotapanna, sakadagami, anagami e arhat - nível em que o Nirvana é alcançado.

O desafio é incluir esses saberes e práticas ascéticas no cotidiano, vivenciando etapa por etapa com o auxílio do ambiente Zen.

Sotapanna: Caminho e fruição da entrada do fluxo

escultura-madeira-zen-home-decor-cabeca-buda-gordo-sorridente-happy-buddha
A  imagem de Buda Gordo cria um fluxo de energia positiva. Guie-se por ele!

O primeiro estágio, Sotapanna, que significa “quem entra no rio” em sânscrito, é formado pelo tanto pelo Caminho para Entrada do Fluxo quanto a Fruição da Entrada do Fluxo, ou seja, seu conhecimento e usufruto. Inicia esta trajetória aquele que abre os olhos para os ensinamentos de Buddha (Dharma), que abandona os apegos e tem a compreensão de que não há um eu individual.

Ao levar a imagem de Buda para os interiores da casa ou do ambiente de trabalho, intuitivamente, se tem consciência do caminho espiritual ou energia que anseia apreciar à partir de sua escolha. Nesse momento você cria um fluxo de energia que vai de encontro ao Caminho e Fluxo de Sotapanna. E se a alegria e a bem-aventurança são motivações impulsionadas por este estágio inicial, nada mais coerente que destacar o Buda Sorridente na decoração para lhe manter dedicado ao aprofundamento do Dharma.

Sakadagami: Caminho e fruição do regresso

zen-home-decor-iluminacao-luz-velas-orien-tibetano-budismo-meditacao-casa
Utilize artes zen para auxiliar a prática da meditação de concentração.

No segundo estágio de progresso gradual há a profunda compreensão do “não-eu” e a redução dos apegos e das aversões, bem como o sofrimento gerado por eles. Sakadagami é aquele que retorna uma vez ao domínio dos sentidos se libertando e atenuando alguns dos 10 Grilhões ou Obstáculos da Iluminação: ilusão de um “eu” individual (sakkaya-ditthi), dúvida cética (vicikiccha), apego a rituais (silabbata-paramasa), desejo sensual (kama-raga) e má vontade (vyapada).

O caminho consiste na prática do Nobre Caminho Óctuplo (que mencionamos aqui), e na meditação de concentração (samatha bhavana) para elucidar as resistências aos apegos e manter a mente transquila, em equilíbrio com corpo e espírito. Para o exercício meditativo utiliza-se um dos 40 Objetos de Meditação Budistas (kammatthana) como água e fogo. Neste contexto, fica fácil compreender a importância da fonte decorativa e da luz de vela no processo de autotransformação.

Se quiser tornar essa experiência ainda mais enriquecedora utilize os sons da Tigela Tibetana como instrumentos de concentração.

Anagami: Caminho e fruição do não-regresso

imagens-buda-decoracao-zen-ambientes-paz-budismo-wooden-art
Ambientes de paz traduzem a essência serena de Anagami.

 O terceiro estágio do caminho para o Nirvana e sua fruição é o Anagami que em sânscrito significa “aquele que não vem”. O não-retorno ou não-regresso representa o ser nobre (aryapudgala) que, motivado com amor, compaixão e a intenção de ser um Boddhichitta, transcende obstáculos evolutivos como ódio, ignorância, ganância e ciúme que surgem dos apegos e ilusões da matéria. Neste caminho, acessa-se o Nirvana após o renascimento em um dos planos ou mundos especiais (dhātus) da cosmologia budista.

E como não se trata de uma experiência conquistada na vida terrena, a essência pacífica de Anagami surge como inspiração para a decoração budista. Quando ambientes de paz são criados, partindo de elementos decorativos dotados de propósito - tais quais os cristais, as esculturas de Buda e as luminárias flores de lótus -, o Caminho para o Não-regresso surge como dirigente, ativando diariamente a benevolência para lhe levar além.

Arhat: Caminho e fruição do estágio de Arahat

decoracao-budista-artes-zen-buddhism-ambientes-paz-bem-estar-buda-meditando
A decoração budista é uma inspiração diária para quem busca a elevação espiritual.

 Arhat ou Arahat é o estágio mais elevado do Nirvana, e simboliza a libertação do Samsara, ciclo incessante de renascimento e morte que causa sofrimento nos seres sencientes. O estágio de Arahat é acessado por aqueles que percorreram o Caminho do Meio vivenciado e ensinado por Buda e se despiram de toda divisão da essência e controle externo.

Assim como Anagami, a espiritualidade elevada de Arhat não é experienciada no "mundo humano", no entanto, apenas neste é que se pode despertar e realizar o voto de Bodhisattva, dedicando-se a autotransformação e a benfeitoria ao maior número de seres possível. Por isso, o Caminho para o Estágio de Arahat é um convite à apreciar a vida em verdade, sem vaidade e sem se preocupar com a ascensão material ou do nível espiritual. Arhat não se sujeita mais à ignorância, aos desejos e às aversões.

E, partindo do princípio de que brinquedos são importantes instrumentos de aprendizado para as crianças, a arte budista se mostra extremamente eficiente enquanto ferramenta de transformação. Neste âmbito, a decoração Zen assume o papel de guia, uma vez que dota os conceitos do Budismo de beleza e os converte em inspirações diárias para promover bem-estar e lhe manter sintonizado com a sabedoria da natureza divina. 

 Crie ambientes que confortam o seu ser com objetos decorativos de nossa loja online e internalize suas boas vibrações!

Namastê!

Milene Sousa - Arte & Sintonia

Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

Buscar no site

Fique Informado!

Receba conteúdos do blog que revelam as histórias por trás de nossas artes, além das novidades e ofertas exclusivas.

Mandala Geométrica Pátina 150cm

Alguém viu e gostou...

Mandala Geométrica Pátina 150cm

10 Minutos atrás Local Rio de Janeiro

Carrinho de compras